Vitrine 66fm, com Alexandre Gonçalves de Matos (Rádio 66 Brasil FM)

No último dia 12 de junho, o Professor Alexandre Gonçalves de Matos foi o convidado do programa Vitrine 66, da rádio 66 Brasil FM. Durante a entrevista foram abordados assuntos como a diferença entre suspensão e cassação da CNH, entre outro. - apresentação Adolfo Lembo (Rambo) direção-geral de Arnaldo Debiagi Júnior.
Continuar lendo...

Vitrine 66fm, com Alexandre Gonçalves de Matos (Rádio 66 Brasil FM)

No último dia 15 de maio, o Professor Alexandre Gonçalves de Matos foi o convidado do programa Vitrine 66, da rádio 66 Brasil FM. Durante a entrevista foram abordados assuntos sobre legislação de trânsito para motociclistas e automóveis - apresentação Adolfo Lembo (Rambo) direção-geral de Arnaldo debiagi Júnior.
Continuar lendo...

Consumo em Pauta, com Alexandre Gonçalves de Matos (Rádio Mega Brasil)

No último dia 07 de maio, o Professor Alexandre Gonçalves de Matos foi entrevistado pela jornalista Angela Crespo, no programa "Consumo em Pauta" da rádio Mega Brasil. No programa foram abordados temas relacionados a Direito de Trânsito, infrações de trânsito, multas, cnh suspensa, dentre outros.
Continuar lendo...

Fui pego na Lei Seca! E agora?

Hoje, o Professor Alexandre Gonçalves de Matos, pós graduando em Direito de Trânsito e analista técnico da SAM SERVIÇOS explica a diferença entre os artigos 165, 277 e 306 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), que falam sobre a multa por dirigir sob influência de álcool (Bafômetro, "Lei Seca"). Foi pego na blitz da "Lei Seca"? Ficou com dúvidas? Ligue agora no (11) 3019-4884 ou envie WhatsApp para (11) 95994-9749   Saiba mais sobre: CNH Suspensa, CNH Cassada, Recurso de Multas.
Continuar lendo...

Rádio RB2 entrevista Alexandre Gonçalves de Matos

Entrevista concedida pelo Professor Alexandre Gonçalves de Matos, pós graduando em Direito de Trânsito e analista técnico da SAM SERVIÇOS. Alexandre falou sobre a diminuição do limite de velocidade e sobre o direito de recorrer sempre que o condutor se sentir injustiçado, seja por falta de sinalização ou qualquer outra irregularidade do órgão autuador.
Continuar lendo...