São Paulo registrou 83 mil multas por uso de celular no trânsito no 1º trimestre de 2019


A cidade de São Paulo registrou 83 mil multas por uso de celular ao volante no primeiro trimestre de 2019. Estas infrações foram registradas manualmente, o que indica que foram 930 autuações deste tipo por dia. Os dados foram obtidos pelo SP1 via Lei de Acesso à Informação (LAI).

Segundo os dados, a Avenida Afrânio Peixoto, no Butantã, Zona Oeste da cidade, é a campeã de flagrantes de motoristas que usam o celular enquanto dirigem. Ao todo, foram 793 autuações no primeiro trimestre deste ano. No mesmo endereço há um batalhão da polícia de trânsito.

Nos outros três endereços que mais acontecem este tipo de infração há uma base da Guarda Civil Metropolitana (GCM), uma base da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e uma base móvel da Polícia Militar (PM).

Pedro de Paula, coordenador executivo da iniciativa Bloomberg, afirma que fiscalização não torna as cidades mais seguras, porque é preciso melhorar o asfalto, a sinalização e a educação dos motoristas. “A gente ainda perde mais de 800 vidas no trânsito na cidade de São Paulo todo ano. Isso são mais ou menos sete aviões caindo por ano na cidade de São Paulo.”

Desde 2014, foram aplicadas 64 milhões de infrações de trânsito na capital paulista. No primeiro trimestre deste ano, os radares registraram mais de 1,8 milhão – a maioria por velocidade acima do limite permitido.

Veja os 5 lugares com mais autuações por excesso de velocidade

1. Complexo Viario Ayrton Senna, sentido Bairro: 51.486 infrações;
2. Av. Jacu Pêssego, sentido Ayrton Senna: 28.595 infrações;
3. Av. dos Bandeirantes,sentido Imigrantes: 16.614 infrações;
4. Av. das Nações Unidas, sentido Castelo Branco: 14.775 infrações;
5. Marginal Pinheiros, pista Expressa, sentido Castelo Branco: 12.427 infrações.

Fonte: G1